Clique, para voltar para a página inicial de Aparecida
Foto da Cidade de Aparecida a noite.
Voltar para a página inicial, Portalvale.com.br
Conheça a História da Cidade de Aparecida
Conheça as Baladas e Agitos da Semana
Eventos e Notícias de Aparcida
História de Nossa Senhora da Conceição Aparecida
Acenda uma Vela Virtual para Nossa Senhora da Conceição Aparecida

ACENDA SUA VELA VIRTUAL E FAÇA O SEU PEDIDO
Vela Virtual acesa
Velas Acendidas:  -1233001 -
Última vela Acendida:

16/10/2019 - 13:10:11
Gleice Cristina Torres
Rio de Janeiro - Rj
Acenda e faça o seu Pedido.
Acender vela virtual para Frei Galvão Clique aquiAcender vela virtual para Nossa Senhora Aparecida, clique aqui
ENCONTRE SUA NOVENA VIRTUAL

  Número da Novena:  ou Digite seu nome:
6º Dia da Novena Virtual

POR UMA TERRA SEM MALES, NÃO TOME O NOME DE DEUS EM VÃO!

A sexualidade é um Dom de Deus que precisa ser revalorizada, re-humanizada, vivenciada com ternura e respeitada na família, em todas as idades e em todos os ambientes, na iniciação juvenil e nos Meios de Comunicação. Tem de brotar do amor e ser conjugada com a responsabilidade pessoal e social. Não podemos permitir que seja reduzida a objeto de mercado nem que dependa apenas de um preservativo.

1. Introdução

2. Procissão de entrada

3. Saudação

P.: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
T.: Amém!
P.: Irmãos e Irmãs, voltemos o nosso olhar para o Deus da Vida. Desde toda a eternidade, Ele olha para a humanidade com amor eterno:
"quem vos toca, toca a menina dos meus olhos" (Zc 2,8).
T.: Bendito seja Deus, que nos reúne no amor de Jesus e de Maria!

4. Maria nos ensina a não pecar contra a sexualidade

L.: Deus nos chamou a uma vocação santa: a de sermos verdadeiramente seus filhos e filhas, e assim nos deu a responsabilidade do amor e da comunhão de vida.
T.: Deus nos criou à sua imagem e semelhança!
L.: A sexualidade que Deus nos deu, Ele quer que a vivamos na fidelidade e na afetividade. Deve ser um modo de nós vivermos o mandamento do amor e da comunhão.
T.: Maria é quem nos ensina a viver a fidelidade e a vida de comunhão!

5. Maria vem ao nosso encontro

L.: Enviando seu Filho para nascer de uma Mulher, Deus santificou a sexualidade de Maria e a de toda a humanidade. Deus quis alimentar-se do carinho e da ternura de uma Mãe, de um lar. E Maria aceitou plenamente o plano de Deus. Colocou seu corpo e sua afetividade a serviço de Deus, e assim o Filho de Deus se fez homem e veio viver a nossa vida.
T.: Que as infidelidades não estraguem a vida de amor e de comunhão entre o homem e a mulher!
L.: Diante de nossas fragilidades e da permissividade social na vivência humana da sexualidade, o cristão é chamado a viver e a dar uma resposta que brote da Palavra de Deus: "vosso corpo é templo do Espírito Santo e ele quer nele habitar" (1Cor 6,19).
T.: Com a graça de Deus realizaremos de modo sereno o ideal do amor total!
L.: É Maria, a Virgem pura e santa, quem nos ensina a fazer da vida doação e do nosso corpo morada de Deus.
(Entronização da Imagem e Procissão das flores)

6. Maria nos ensina com a Palavra de Deus

L.: Ninguém pode negar que em Maria habitou a Palavra de Deus. Nela se encontram todas as virtudes. Sua sexualidade manifesta-se na ternura e na prontidão alegre em amar a Deus e a todos nós, seus filhos.
T.: Por isso, ela é testemunha da fidelidade e da ternura de Deus!
L.: Deus nos fez participar de sua condição divina. Ele nos escolheu para sermos seus amigos. O sonho de Deus é que façamos da vida doação e oblação generosas. Isso só é possível quando nos unimos a Deus, fonte de toda a vida.
T.: Quem se une ao Senhor, torna-se um com Ele. Torna-se amigo dele!
L.: Quem é de Deus não se deixa conduzir pelas paixões e leviandades. Quem é de Deus deixa-se conduzir pelo amor-comunhão, pelo amor-doação.
T.: Quem é de Deus é feliz!
L.: Sem Ele ninguém pode fazer coisa alguma. Sem Ele ninguém se sustenta na sua vocação de filhos e filhas de Deus. Longe de Deus, quem nos domina são nossas paixões desenfreadas.
T.: É Deus quem nos sustenta em seu amor!
L.: Fomos comprados por um alto preço. Fomos resgatados pela morte do Cristo.Por isso, nossa vida há de ser sinal deste amor de Deus: na vida de comunhão, de fidelidade e na vivência da dignidade humana.
T.: Que Deus nos conserve na dignidade de seus filhos e filhas!

7. Anúncio da Palavra de Deus (1Cor 6,15-20 - Mensagem)

8. Súplica a Maria (Ladainha)

P.: Querida Mãe Aparecida, a sexualidade, que é santa em todos nós porque criada por Deus, em vós tornou-se ainda mais santa ao tornar-se ninho para a vida de Deus que assim quis tornar-se vida humana em vós. Ajudai-nos, ó Mãe, a santificar o que já recebemos santo das mãos de Deus, a nossa sexualidade!
P.: Mãe Aparecida, por que a sexualidade, tão santa nas mãos criadoras de Deus, em nós pode tornar-se tão depravada, não mais fonte de vida, de alegria, mas até de exploração e sofrimento? Dai-nos, ó Mãe, redescobrir a sexualidade como fonte de vida, de realização, de paz! Por Cristo, nosso Senhor.

9. Maria nos leva a Jesus Eucarístico

L.: Deus fez em Maria o tabernáculo mais puro do mundo. Nela morou o Filho de Deus. Maria é a pureza santa, santuário oculto e divino do Redentor.
T.: Ajudai-nos, Maria, a viver dignamente nossa sexualidade!
L.: Maria acolheu a fonte eterna do amor, Jesus. Aos olhos de Deus, ela é a mais bela das criaturas. Diante de nós, ela é a mais santa porque nos deu o Redentor.
T.: De Maria brota o Salvador, fonte de eterno amor!
L.: Maria nos apresenta o seu Filho, e nele nos oferece a vida e o amor divinos. Nessa força que Jesus nos comunica, podemos viver nossa sexualidade como fonte de ternura, de amor, de realização humana.
(Entronização do Santíssimo e Procissão dos alimentos)

10. Maria nos leva a rezar

P.: Jesus, neste instante tão sublime de nossa fé, diante de vós e junto de vossa Santíssima Mãe, elevamos as nossas preces ao Pai. Abri o nosso coração para que ele seja pleno de vossa verdade.

1. Para que todos nós sejamos dignos da vocação de sermos filhos e filhas de Deus, clamemos ao Senhor.

T.: Senhor, fazei-nos viver no vosso amor!

2. Para que a fecundidade do bem, da justiça e da solidariedade seja sempre a nossa meta de cristãos, clamemos ao Senhor.
3. Para que cada ser humano viva com dignidade, amor e respeito a sexualidade que Deus lhe concedeu, clamemos ao Senhor.
4. Para que a sexualidade, principalmente a da mulher, não seja objeto de exploração e de comércio, clamemos ao Senhor.
5. Por todos aqueles que fazem da sexualidade uma fonte de renda, para que se convertam e vivam com dignidade, clamemos ao Senhor.

P.: Senhor, teríamos ainda muitos outros pedidos diante das muitas necessidades nossas. Mas nos recomendamos todos à vossa bondade, para que sejamos sinceramente o vosso povo, junto de Maria, a Mãe de vosso Filho Jesus Cristo.
T.: Amém!

11. Bênção do Santíssimo

L.: O Filho de Deus vai agora nos abençoar.
T.: Ele é a maior bênção de Deus para nós!
L.: Que a sua bênção plenifique o nosso coração.
T.: Que o mundo seja plenificado no seu amor!
L.: Que os sofredores jamais percam a esperança.
T.: Que aconteça e permaneça a "terra sem males". Amém!

12. Abraço da Paz

13. Consagração a Nossa Senhora

14. Despedida

Guia Comercial
Guia de Publicidade
© 2006-2010 Portal Vale - O melhor conteúdo do Vale do Paraíba. Todos os direitos Reservados