Clique, para voltar para a página inicial de Aparecida
Foto da Cidade de Aparecida a noite.
Voltar para a página inicial, Portalvale.com.br
Conheça a História da Cidade de Aparecida
Conheça as Baladas e Agitos da Semana
Eventos e Notícias de Aparcida
História de Nossa Senhora da Conceição Aparecida
Acenda uma Vela Virtual para Nossa Senhora da Conceição Aparecida

ACENDA SUA VELA VIRTUAL E FAÇA O SEU PEDIDO
Vela Virtual acesa
Velas Acendidas:  -1233003 -
Última vela Acendida:

16/10/2019 - 14:42:14
Maria elizabete cantarelli
Dom pedriton - Rs
Acenda e faça o seu Pedido.
Acender vela virtual para Frei Galvão Clique aquiAcender vela virtual para Nossa Senhora Aparecida, clique aqui
ENCONTRE SUA NOVENA VIRTUAL

  Número da Novena:  ou Digite seu nome:
5º Dia da Novena Virtual

POR UMA TERRA SEM MALES, NÃO TOME O NOME DE DEUS EM VÃO!

A vida é um dom sagrado, que brota de Deus, chega ao ser humano e se irradia por toda a natureza. O princípio de respeito incondicional à sacralidade da vida, em todos os seus momentos e manifestações, deve penetrar profundamente nossas culturas, ainda tão agressivas ao direito inalienável à vida.

1. Introdução

2. Procissão de entrada

3. Saudação

P.: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
T.: Amém!
P.: Irmãos e Irmãs, voltemos o nosso olhar para o Deus da Vida. Desde toda a eternidade, Ele olha para a humanidade com amor eterno:
"quem vos toca, toca a menina dos meus olhos" (Zc 2,8).
T.: Bendito seja Deus, que nos reúne no amor de Jesus e Maria!

4. Maria nos ensina a não pecar contra a vida

L.: Maria acolheu com alegria em seu seio a Vida do Verbo eterno, que se encarnou para nos trazer uma nova vida. Toda vida tem sua origem em Deus, é preciso acolhê-la com respeito, jamais ameaçá-la.
T.: Por uma "terra sem males", não matarei jamais!
L.: Maria foge para o Egito para proteger a vida de seu Filho, ameaçada de morte por Herodes. Nenhuma criatura humana, nem mesmo sendo autoridade, jamais tem direito de tirar a vida.
T.: Por uma "terra sem males", não matarás jamais!
L.: Maria viu seu Filho ser assassinado. Certamente, pelo amor que tem por toda a vida, não clamou por vingança, mas perdoou os assassinos. Só o perdão quebra o círculo da violência, que sacrifica tantas vidas.
T.: Por uma "terra sem males", não mataremos jamais!
L.: Maria viu seu Filho ressuscitar e partilhar conosco a Vida nova, que ninguém mais poderá matar. Ela nos ajuda a promover o direito à vida e o direito de viver, aqui na terra e lá no céu.
T.: Por uma "terra sem males", defendere-mos sempre a sacralidade da vida!

5. Maria vem ao nosso encontro

L.: Deus escolheu Maria para mãe do seu Verbo. Ela foi o caminho da vida humana para Deus. Acolheu a vida misteriosa que brotava em seu seio como uma vocação e uma missão, que comprometeram toda a sua existência.O compromisso com a vida é o mais fundamental de todos!
T.: A vida é um Dom sagrado, que vem de Deus!
L.: José, esposo de Maria, também foi convocado por Deus para acolher e proteger esta vida. Assim, a vida humana, para brotar com naturalidade, precisa dos braços da mãe e do pai, ainda que sejam adotivos.
T.: Quem acolhe uma vida humana, acolhe o próprio Deus!
L.: Maria olha para a cultura da violência e da morte, que sacrifica a vida humana como se fosse um artigo descartável. Ela vem ao nosso encontro para conosco converter essa situação tão ameaçadora quanto dolorosa.
T.: Vinde, Maria, ajudai-nos a defender a vida de toda a natureza e a sacralidade da vida humana!
(Entronização da Imagem e Procissão das flores)

6. Maria nos ensina a Palavra de Deus

L.: A descendência de Caim continua odiando e assassinando os próprios irmãos. Os homicídios devem provocar em todo cristão uma atitude de indignação, porém jamais de vingança.
T.: Deus condenou o gesto assassino de Caim, sem contudo tirar-lhe a vida!
L.: A história do mundo tem sido uma seqüência de guerras homicidas, e a rotina dos nossos dias banalizou os gestos de vio-lência, que alimentam as imagens da televisão e as fotos dos jornais. Tudo isso começou a partir do momento em que alguém se julgou no direito de tirar a vida do outro.
T.: Só Deus é o Senhor da vida, desde o alvorecer até o entardecer da vida humana!
L.: Jesus preferiu sofrer a violência e a morte, a odiar e ameaçar a vida de alguém. Sua mensagem proclama que as religiões e todas as instituições humanas só têm validade, diante de Deus, quando promovem o amor, que faz viver, e não o ódio, que mata.
T.: "Eu vim para que todos tenham vida, que todos tenham vida plenamente!"

7. Anúncio da Palavra de Deus (1Jo 3,11-15 - Mensagem)

8. Súplica a Maria (Salve, Rainha)

P.: Senhora e Mãe Aparecida, confiamos em vossa intercessão materna. Em nosso vale de lágrimas, provocadas pelo desrespeito ao nome de Deus, pela violência à vida humana, pela ganância e pela difamação do próximo, nós vos suplicamos que nos mostreis o fruto bendito do vosso ventre, para que seja o nosso Salvador.
L.: Diante da pequenina imagem de Nossa Senhora Aparecida, cantemos a Salve, Rainha, na certeza de que a Mãe de misericórdia assumirá como seus filhos a todos nós, que somos filhos de Eva.
Salve Rainha, Mãe de misericórdia.
- Virgem das virgens, rogai a Deus por nós!
Vida, doçura, esperança nossa, salve.
A vós bradamos os degredados filhos de Eva.
A vós suspiramos, gemendo e chorando.
Neste vale de lágrimas, neste vale de lágrimas.
Eia, pois, advogada nossa.
Esses vossos olhos misericordiosos a nós volvei.
E depois deste desterro mostrai-nos Jesus.
Bendito fruto do vosso ventre.
Ó clemente, ó piedosa, ó doce Virgem Ma-ria!
L.: Que Maria Santíssima nos leve a observar o quinto mandamento, para que a vida humana seja para todos nós um Dom sagra-do, desde o primeiro até o último instante. Que ela nos ajude a defendê-la sempre e a superar qualquer anseio de vingança mor-tal.
Fazei que a vida humana seja sempre respeitada.
- Virgem das virgens, rogai a Deus por nós!
Que cesse a violência na família e nos lares.
Que a justiça e o perdão desfaçam as vinganças.
Que os povos não se matem nem sufoquem uns aos outros.
Libertai tantas vidas das drogas e bebida.
P.: Senhora e Mãe Aparecida, com a vossa intercessão nós construiremos "uma terra sem males", um Brasil sem mortes pela violência da miséria e da fome, através de um mutirão de amor e de solidariedade. Dai-nos, Mãe Santíssima, superar o desterro, já aqui neste mundo, para sermos todos cidadãos da terra e do céu. É o que pedimos que supliqueis ao vosso divino Filho, ele que vive e reina pelos séculos dos séculos. Amém.

9. Maria nos leva a Jesus Eucarístico

L.: Para viver é preciso alimentar-se de pão e de amor. Maria muitas vezes amassou o pão com carinho para alimentar a vida de Jesus.
T.: E Jesus se fez Pão para alimentar a vida de todos nós!
L.: O alimento partilhado com carinho e respeito é o primeiro gesto para superar a miséria e a fome, e alimentar a vida do nosso povo.
T.: "Bastariam dois pães e dois peixes, e o milagre do amor, pra acabar com tanta fome e acabar com tanta dor!" (bis)
L.: Jesus repete o seu gesto de partilha em cada Eucaristia, dando-nos a força para que façamos o mesmo.
T.: "Tomai, comei, é meu corpo e meu sangue que dou! Vivei no amor! Eu vou preparar a ceia na casa do Pai!"
(Entronização do Santíssimo e Procissão dos alimentos)

10. Maria nos leva a rezar

P.: Irmãos e Irmãs, diante do Pão consagrado, sacramento da presença de Jesus Ressuscitado, aquele que venceu a maldade e a morte, para nos garantir a vida que dura para sempre, façamos confiantes as nossas preces.

1. Por todas as famílias, para que superem toda atitude de agressividade doméstica e respeitem a vida uns dos outros como um Dom divino, rezemos ao Senhor.

T.: Senhor, fazei-nos promover sempre a vida!

2. Por todos os que exercem autoridade, para que os projetos políticos e econômicos tenham como critério último a reservação da vida da natureza e a promoção da vida humana, em seus direitos básicos de sobrevivência, desde a concepção até a morte, rezemos ao Senhor.
3. Para que, através da fé e em comunidade, assumamos a defesa da vida contra toda violência e, ao mesmo tempo, superemos a tentação de apelar para a pena de morte como solução contra a violência, rezemos ao Senhor.
4. Para que nós, cristãos, jamais nos coloquemos a favor do aborto, e saibamos reagir com indignação contra a manipulação científica da vida humana, em qualquer dos seus estágios, rezemos ao Senhor.
5. Que o Espírito Santo faça com que o quinto mandamento se enraíze em nossos corações, para que haja a esperança de novas gerações sem violência urbana e sem guerras fratricidas, num mundo onde o direito de viver e de conviver seja anterior ao direito de enriquecer, rezemos ao Senhor.

P.: Senhor Jesus Cristo, aceitai essas preces, mas vós sabeis melhor do que nós aquilo de que mais necessitamos. Vinde ao encontro de nossa fraqueza e alimentai nossa sede de viver e nosso compromisso de defender a vida. Vós que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo.
T.: Amém!

11. Bênção do Santíssimo

L.: Senhor, encerrastes neste pão toda força de uma vida nova, para entrar em comunhão conosco e transformar-nos em bênção para todos.
T.: Abençoai-nos com a bênção do amor à vida, tão preciosa que será ressuscitada por vós.
L.: Que vossa bênção se estenda a toda a natureza, para que ela seja respeitada pelo ser humano como fonte de vida e jamais seja depredada pela ganância do lucro.
T.: Abençoai-nos e abençoai a todas as vossas criaturas: a água, a terra, o ar, para que vos louvem através da vida que produzem.

12. Abraço da Paz

13. Consagração a Nossa Senhora

14. Despedida

Guia Comercial
Guia de Publicidade
© 2006-2010 Portal Vale - O melhor conteúdo do Vale do Paraíba. Todos os direitos Reservados